Entre as estratégias de comunicação usadas pelas empresas, uma das que tem maior credibilidade é a que utiliza a chamada mídia espontânea. De acordo com o estudo Nielsen Global Survey of Trust in Advertising, o chamado boca a boca é o canal que gera mais confiança dos consumidores, com um índice de 84%. Em segundo lugar vêm os sites das marcas, com 69%, seguido de opiniões postadas online (68%) e conteúdo editorial (67%). A publicidade, ou mídia paga, vem por último.

Para poderem navegar neste cenário com sucesso, as pequenas empresas já podem contar com ferramentas de tecnologia e inteligência artificial aplicadas às relações públicas. A Knewin, que começou em Florianópolis em 2011 e hoje já é a maior empresa de PR Tech da América Latina, recebeu em outubro de 2019 um aporte de R$12,9 milhões para fortalecer sua estratégia de crescimento.

Com uso de uma tecnologia própria, a Knewin consegue oferecer de forma mais acessível soluções de inteligência artificial aplicada à transformação de negócios para mais de mil clientes. Entre os segmentos que atende estão comunicação e marketing, varejo e construção. Desde 2016 a Knewin já realizou nove aquisições e vem se consolidando como líder no setor.

Entre os benefícios que as empresas obtém ao contratar este tipo de ferramenta está uma melhor capacidade de gerenciar potenciais crises de imagem, ganho de vantagem competitiva, além, é claro, de estarem mais preparadas para se aproximarem de novos consumidores.

Plataforma disponível gratuitamente por 30 dias

Para auxiliar as pequenas e médias companhias a monitorarem temas estratégicos e, com isso, reduzir o impacto negativo da crise na economia brasileira, a Knewin disponibiliza durante 30 dias sua plataforma de dados gratuitamente. A gratuidade se aplica à ferramenta de monitoramento de notícias ilimitadas, Knewin News, e é válida para inscritos de 30/3 a 31/5. Para aproveitar, basta acessar este link: https://materiais.knewin.com/knewin-news-gratis-por-30-dias

Fonte: https://www.segs.com.br/info-ti/225157-tecnologia-aplicada-as-relacoes-publicas-e-diferencial-para-pequenas-empresas